Busca


19/12/2016

Fecovinho realiza evento de confraternização com cooperativas filiadas

 

Do turismo à reflexão, foi o que Federação das Cooperativas Vinícolas do Rio Grande do Sul - Fecovinho, proporcionou no dia 13 de dezembro aos conselheiros(as) e suas esposas(os), jovens e Dirigentes das Cooperativas filiadas, durante o seu Evento Anual de Confraternização, no Salão da Comunidade Sete de Setembro, em Flores da Cunha.

O encontro iniciou às 15h30 quando os convidados visitaram a planta industrial da Cooperativa Nova Aliança, também localizada em Flores da Cunha, e conheceram a tecnologia aplicada no processo de recebimento de uvas, elaboração e envase dos produtos. Após, o evento teve continuidade no Salão da Comunidade para um ciclo de debates e apresentações. 

Estiveram presentes o presidente do Sistema Ocergs-Sescoop/RS, Vergilio Perius, que levou uma mensagem de otimismo aos cooperativistas da serra gaúcha e alguns números do setor que comprovam a força das cooperativas no Rio Grande do Sul. Também presentes o secretário de Desenvolvimento Rural, Pesca e Cooperativismo, Tarcísio Minetto, o delegado federal da Secretária Especial de Agricultura Familiar e do Desenvolvimento Agrário, Márcio de Andrade Madalena, e o diretor executivo do Instituto Brasileiro do Vinho - Ibravin, Carlos Raimundo Paviani, que esteve apresentando os números do setor, em especial a representatividade das Cooperativas.

Dentre os assuntos da pauta, destacamos o fortalecimento do projeto de Compras Coletivas que beneficiou no seu segundo ano de execução 650 famílias sócias das Cooperativas filiadas à Fecovinho e da Cooperativa Agrária Cairú, de Garibaldi, abrangendo 14 municípios. O presidente da Fecovinho, Oscar Ló, citando a presença do presidente da Cooperativa Cairú, Felipe Corbelini, ressaltou a importância deste projeto principalmente pela segurança alimentar e do produtor, pois o associado compra um produto de referência, com quantidade adequada e menor custo.

Já o secretário da SDR, Tarcísio Minetto, salientou o trabalho contínuo que é realizado referente a produção sustentável e reconhece o esforço das Cooperativas neste sentido. Para Madalena, a cadeia produtiva da uva é um dos setores mais ordenados. “A vitivinicultura é referência em organização”, salienta. Ainda, o delegado anunciou que pretende para o próximo ano planejar em parceria com as entidades uma chamada pública que atenda às necessidades do setor.

Durante a apresentação e discussão sobre as atividades e iniciativas de setor, também teve destaque a importância do Programa de Assessoria Técnica e Extensão Rural – ATER, e a renovação do seu convênio entre Ibravin e Fecovinho, que de 200 famílias passa a atender 320. Ainda, com a participação dos presentes, foi realizada uma avaliação da safra/2017, no âmbito de qualidade, incidência de doenças, produção e expectativa. 

Referente a projeção, o diretor executivo da Federação, Helio Marchioro, mencionou algumas das atividades que ocorrerão em 2017, em comemoração aos 65 anos de nossa Federação. O produtor rural, Matheus Marodin, 29 anos, associado da Cooperativa Garibaldi, que esteve participando do encontro junto com sua esposa, comenta a importância de manter o espírito do cooperativismo. “Além de ser um momento de confraternização é um momento de trocar ideias entre as demais cooperativas e saber um pouco do que a Fecovinho fez durante o ano, saber informações do setor e ficar informado”, finaliza.

Também prestigiaram o evento os presidentes da Agavi, Evandro Lovatel, da comissão interestadual da uva, Denis Debiasi, do Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Flores da Cunha, Olir Schiavenin, e a representante Luciane Terra, da Coopervino de Tucunduva. O encontro encerrou com um jantar de confraternização às 20h.

Fonte: Assessoria de Imprensa - Fecovinho

  

 

 


Rua Félix da Cunha, 12
Bairro Floresta, Porto Alegre / RS - CEP: 90570-000
(51) 3323-0000